Capa

A melhor preparação para provas envolve identificar os conteúdos que vão ser cobrados, exercitar o conhecimento, cometer erros e aprender a corrigi-los, ter calma e chegar confiante na hora do exame. Esses são os pontos básicos para qualquer prova que seja realizada, não importa se é o Revalida INEP 2022 ou uma prova de concurso público. 

E quando falamos dos exames para obter a revalidação do diploma no Brasil, conhecer os erros mais comuns cometidos na preparação, assim como os erros mais comuns da prova prática é fundamental para conquistar o resultado desejado na prova. Vamos lembrar que a prova simula situações reais da vida de um médico no país, sendo importante focar em mais do que apenas teoria. 

A segunda etapa do Revalida INEP 2022 acontece nos dias 25 e 26 de junho e pode ser realizada pelos candidatos aprovados na primeira etapa do exame. 

Veja abaixo alguns dos erros mais comuns na preparação para o Revalida 2022. 


Erros comuns na preparação para a Prova 

Para se preparar da melhor forma para a prova de revalidação, é preciso incluir diversos aspectos diferentes na hora de estudar. Podemos citar a leitura, os exercícios e a revisão, assim como o trabalho na melhoria do aspecto mental e o trabalho específico para aumentar a confiança. Porém, também existem erros muito comuns que diversos candidatos cometem ao longo dos anos. 

Vamos ver quais são e evitá-los desde já? 

 


Não praticar e exercitar o conhecimento 

Como sabemos, a segunda etapa é prática, logo, apenas saber os conceitos e não os praticar em um ambiente controlado é um erro bastante comum. Mesmo médicos mais experientes com atuação em outros países necessitam estar habituados ao que vai ser cobrado na prova e às simulações. 


Fazer apenas a leitura dos conhecimentos teóricos 

Apenas a leitura do edital e dos conceitos básicos da teoria que são cobrados na prova não são a melhor forma de se preparar para o exame prático. É preciso exercitar tudo que foi aprendido, evitando também sofrer com a curva do esquecimento. 

Além disso, é importante também revisar os próprios conhecimentos refletindo e elaborando sobre os mesmos. Isso pode ser feito de forma escrita ou oral, podendo se tornar material para ser revisado em um momento posterior. 


Não trabalhar o lado emocional 

Provas costumam ser ambientes de muito estresse e ansiedade, levando candidatos a ficarem em claro por noites e chegarem já cansados na hora do exame. Nas etapas do Revalida, não é diferente. Por isso, trabalhar o relaxamento e estar focado é fundamental para o melhor resultado. Opte por momentos de lazer para ter a mente mais leve e não se sobrecarregue de informações nos dias anteriores à prova. 

Da mesma forma, a tranquilidade e a gentileza na hora da etapa prática são fundamentais para uma boa avaliação. 


Ignorar materiais de exames anteriores 

Não importa qual seja a prova, uma das melhores medidas para o estudo é saber o que pode ser cobrado e o que apareceu em edições anteriores. Na prova teórica, é preciso buscar as questões cobradas, os temas que aparecem com frequência e as famosas pegadinhas. Enquanto isso, na prova prática, é importante saber como foram as estações de exames anteriores e situações que aparecem de forma recorrente. 


Se preparar para a prova sem auxílio de cursos 

A prova prática do Revalida é uma prova que busca simular situações reais que um profissional da medicina enfrentará na sua prática. É claro que muitos médicos já estão treinados para essas situações e são perfeitamente capazes de exercer sua profissão, porém, saber exatamente como é a prova e não ter surpresas é uma medida fundamental para conseguir a revalidação do diploma. 

O curso REVALIDAÇÃO 3.0, da Beready, pode ajudar nesse caso, trazendo uma equipe de especialistas para cada cadeira médica e simulações das estações da prova. A Beready aborda todos os assuntos que podem ser cobrados, preparando melhor seus alunos para o exame. 

No caso do Revalidação 3.0, são aproximadamente 45 horas de imersão prática para que o aluno esteja habituado e saiba como é a prova do INEP. 

 

Prepare-se da melhor forma para o Revalida 

O melhor preparo para o Revalida depende de uma estrutura ampla, com equipamentos e profissionais capacitados para trazer conhecimento. Pensando nisso, a Beready conta com equipamentos de ponta e com mais de 80 conteudistas de diversas especialidades médicas, sendo uma empresa envolvida e comprometida com a qualidade da formação médica e parceira dos médicos formados dentro e fora do país. 

Descubra mais sobre o nosso curso Revalidação 3.0 agora mesmo. 
Saiba como fazer o seu cadastro clicando aqui. Nossas vagas são limitadas.